Proteja suas informações

O roubo de identidade é caracterizado pelo roubo de suas informações pessoais para abrir contas e fazer transações não autorizadas em seu nome.


Como isso é feito

Phishing e spoofs

E-mails que alegam ser de empresas renomadas o direcionam para sites falsos de internet e solicitam suas informações pessoais. Saiba mais sobre phishing e como se proteger dessa ameaça.

Uso de documentos encontrados em latas de lixo

Alguns criminosos chegam a vasculhar latas de lixo em busca de extratos bancários ou números de cartões de crédito. Portanto, a maneira mais simples de se proteger é cortando seus cartões e picando seus documentos antes de descartá-los.

Extratos bancários eletrônicos

Os criminosos examinam caixas de correio destrancadas e de fácil acesso, o que é muito mais fácil do que vasculhar a sua lixeira. Se sua caixa de correio não for bem protegida, é recomendável receber seus extratos bancários e faturas de cartão de crédito por meios eletrônicos.

Prestando atenção em conversas

Outra forma dos criminosos obterem informações sobre você é ouvindo conversas para tentar obter informações confidenciais que possam ser usadas para roubar sua identidade. Esteja atento aos seus arredores. Cubra o teclado ao digitar senhas em caixas eletrônicos e tome cuidado ao discutir informações financeiras em público.


Como ajudar a evitar o roubo de identidade

Proteja suas informações, online e offline

Não use a mesma senha em contas diferentes. O uso de senhas difíceis de adivinhar e exclusivas para cada conta importante é a maneira mais simples e eficaz de evitar o roubo de identidade. Combine letras maiúsculas e minúsculas com símbolos e crie senhas exclusivas para cada conta.

Destrua documentos importantes. Os ladrões de identidade que vasculham sua lixeira ou abrem sua caixa de correio são uma ameaça mais séria do que os que roubam suas informações online.

Carregue apenas os documentos necessários. Estima-se que 14% dos roubos de identidade ocorrem com o roubo de carteiras, talões de cheques e cartões de crédito. Esse é um bom motivo para você deixar seus documentos de identificação e os cartões de crédito que você raramente usa em casa, em um lugar seguro. Carregue cópias autenticadas de seus documentos ao invés dos documentos originais: é mais seguro.

Use meios de pagamento seguros sempre que possível

Tenha cuidado ao utilizar cheques. Quando tratados com cuidado, cheques são meios de pagamento perfeitamente seguros. Mas lembre-se de que, quando você entrega um cheque a um estranho, você também está dando a ela o nome do seu banco, o número da sua conta e a sua assinatura.


Pagamentos online são mais seguros. Sistemas de pagamento online como o PayPal tornam as transações muito mais seguras. Outro benefício é que a pessoa ou a empresa da qual você compra não terá acesso ao número de seu cartão de crédito ou da conta bancária.

Desconecte-se dos sites que está navegando quando terminar

Se você não clicar no link para encerrar sua sessão, o PayPal o desconectará automaticamente após 10 – 15 minutos de inatividade. Em um computador compartilhado ou público, esse tempo pode ser suficiente para permitir que alguém acesse sua conta depois que você sair da frente do computador.

Por isso, é muito importante que você se desconecte da sua conta do PayPal cada vez que terminar de usá-la. Há um link na parte superior de cada página para esse fim.

Mantenha seu computador protegido

Mantenha seu computador e aparelhos celulares protegidos. Consulte Dicas de segurança de sistemas para obter mais sugestões.

Esteja sempre atento

Denuncie imediatamente uma atividade suspeita. Se você identificar algo fora do comum, de sites de internet falsos a atividades de conta não autorizadas, denuncie imediatamente.

Monitore suas contas com frequência. Acesse sua conta do PayPal e verifique seu cartão de crédito e contas bancárias regularmente para confirmar se você reconhece todas as transações ocorridas. Dessa forma, você identificará qualquer problema antes que seja tarde demais.