Golpes comuns de e-mail

Normalmente usamos mensagens de e-mail para entrar em contato com nossos clientes. As informações a seguir podem ajudá-lo a garantir que a mensagem que você recebeu é realmente nossa, e não de alguém tentando acessar sua conta.


Endereço de e-mail do remetente falso

Fraudadores podem facilmente falsificar o nome de exibição do endereço de e-mail do remetente. Por exemplo, um e-mail pode parecer ser do "Atendimento ao cliente do PayPal", mas na verdade ser de spfr2013qz7@nomail.com.

Alguns programas de gerenciamento de e-mail fazem com que seja difícil ver o nome verdadeiro. Mas se você passar o mouse sobre o nome de exibição ou clicar em "Responder", deverá conseguir ver o nome completo do remetente. Fraudadores sofisticados podem falsificar o nome inteiro de modo que o e-mail pareça ser de um remetente legítimo, portanto, tenha cuidado.

Embora um endereço de remetente correto seja importante, não é o suficiente. É importante olhar para o e-mail inteiro. Ao verificar sua conta, sempre digite "www.PayPal.com.br" no seu navegador em vez de clicar em um link enviado em um e-mail.

Lembre-se: se parece bom demais para ser verdade, provavelmente é.

Fraude de tarifa de adiantamento. A maioria de nós é cuidadosa se um estranho se aproxima na rua e oferece um acordo bom demais para ser verdade. Mas somos muito menos cautelosos online, o que nos coloca em risco. Se você receber uma oferta para receber pagamentos grátis, é provável que se trate de um truque. Normalmente, fraudadores pedem que você envie valores menores (para impostos, documentos legais etc.) antes que possam enviar a você os milhões prometidos e que nunca pretendiam enviar.

Confirme qualquer informação acessando sua conta do PayPal. Se você receber um e-mail afirmando que você recebeu um pagamento pelo PayPal, acesse sua conta do PayPal antes de enviar qualquer produto. Certifique-se que o pagamento foi realmente transferido e que não se trata apenas de um golpe. Lembre-se de não clicar em links em e-mails. A maneira mais segura de acessar sua conta é sempre abrir uma janela do navegador, navegar até PayPal.com.br e inserir suas informações de acesso à conta.

Preste atenção aos sinais de fraude. Mensagens pedindo que você pague uma pequena taxa de serviço para recolher um prêmio incrível geralmente são um golpe. Investimentos de alto lucro sem riscos geralmente são golpes. Mensagens insistindo que você faça algo imediatamente geralmente são golpes.

Falsas organizações beneficentes. Golpistas usam catástrofes para enganar pessoas bondosas para que façam doações a instituições beneficentes falsas. Isso geralmente acontece quando há uma crise de refugiados, um ataque terrorista ou um desastre natural (como um terremoto, enchente ou similar). Verifique cuidadosamente o histórico de qualquer organização beneficente para se certificar de que sua doação chegue às vítimas reais. Se uma instituição beneficente não tiver um site, desconfie.

Para saber mais sobre os golpes mais comuns e como evitá-los, procure online mais informações sobre fraudes envolvendo taxas de adiantamento. Você também pode ler o material do FBI sobre os tipos mais comuns de golpes (em inglês). O mais importante: ser tão cauteloso online quanto você é no mundo real.

Conheça alguns golpes comuns em que fraudadores usam e-mails falsos:

"Sua conta está prestes a ser suspensa." Muitos fraudadores enviam e-mails falsos com avisos sobre a suspensão de uma conta, instruindo o titular a inserir a senha em um site de internet falso. Cuidado: o PayPal nunca solicitará que você digite sua senha, a menos que esteja na página de acesso de conta do site do PayPal. Denuncie qualquer e-mail suspeito encaminhando-o para alerta@paypal.com.br. Esse simples procedimento pode ajudar a manter sua segurança.

"Você já foi pago." Alguns fraudadores tentam fazer você pensar que recebeu um pagamento. Eles querem receber o produto que você está vendendo de graça. Antes de enviar algo, acesse sua conta do PayPal e verifique se você realmente recebeu o pagamento.

"Você recebeu um pagamento de um valor maior do que o devido." Fraudadores podem tentar convencê-lo que você recebeu mais do que o que lhe era devido. Por exemplo, um e-mail falso diz que você recebeu R$ 500,00 por uma câmera anunciada por R$ 300,00. O remetente pede que você envie a câmera e os R$ 200,00 adicionais "pagos" por engano. Neste exemplo, o fraudador quer sua câmera E o seu dinheiro, mas na verdade não pagou nada a você. Não caia nessa! Simplesmente acesse sua conta do PayPal e verifique se você foi pago antes de enviar qualquer produto.

Como identificar e-mails reais do PayPal

Um e-mail do PayPal:

  • Será enviado pelo paypal.com.br. Golpistas podem falsificar facilmente o nome de exibição, mas é mais difícil falsificar o nome completo. Um remetente como "PayPal Service " não é uma mensagem do PayPal. Mas criminosos sofisticados podem às vezes falsificar o nome completo, então procure outras pistas.
  • Usará seu nome e sobrenome ou o nome da empresa na saudação do e-mail.

Um e-mail do PayPal:

  • Não solicitará informações sigilosas, como senha, número de conta bancária ou do cartão de crédito.
  • Não incluirá anexos ou solicitará o download ou instalação de qualquer software.

Links falsos em e-mails

Se há um link em um e-mail, sempre verifique sua validade antes de clicar. Um link pode parecer perfeitamente seguro, como www.paypal.com/SpecialOffers, mas se você mover o mouse sobre o link, verá seu verdadeiro destino. Se não tiver certeza absoluta de que se trata de um link seguro, não clique no link. A simples visita a um site malicioso pode infectar sua máquina.

Se você clicar em um link enviado via e-mail, certifique-se de analisar a URL do site para o qual o link o levará. Criminosos não têm dificuldade em copiar a aparência de um site legítimo, então você precisa verificar se está no site correto.