O que é a Política de Proteção ao Vendedor do PayPal e quais produtos não estão incluídos?

A Proteção ao Vendedor do PayPal ajuda a proteger os vendedores caso um comprador registre uma reclamação de que o pagamento não foi autorizado, ou caso um comprador registre um chargeback junto ao emissor do cartão alegando que não recebeu o produto. A Proteção ao Vendedor será ampliada para produtos intangíveis, como viagens, serviços de tíquetes e produtos digitais, para todas as transações realizadas em ou após 13 de abril de 2020. Com a Proteção ao Vendedor do PayPal você pode ter cobertura do valor total de todas as transações elegíveis.

Veja abaixo alguns dos principais requisitos que você precisa cumprir para usufruir da Proteção ao Vendedor:

  • A transação deve ser marcada como elegível ou parcialmente elegível para a Proteção ao Vendedor na página detalhes da transação da sua conta.
  • Sua integração com o PayPal deve estar atualizada.
  • Sua conta deve estar com uma boa reputação.
  • Você deve responder às nossas solicitações de documentação e outras informações dentro do prazo estipulado.
Para produtos físicos:
  • Você deve enviar o produto para o endereço na página Detalhes da transação.
  • Você deve fornecer prova de envio, prova de entrega ou confirmação de entrega por assinatura, se aplicável.
Para produtos intangíveis ou digitais:
  • Você deve apresentar uma evidência convincente de que o produto intangível ou digital foi entregue ou fornecido conforme descrito, ou de que o serviço foi concluído conforme descrito. Evidências convincentes podem incluir qualquer evidência disponível de que o comprador recebeu os produtos ou serviços, ou que se beneficiou da transação.
  • Você deve estar em conformidade com todos os termos e condições que se aplicam à compra.
  • Você deve cumprir todos os requisitos de integração técnica que foram especificamente informados pelo PayPal.
  • Você deve ter pago as tarifas de transação padrão do PayPal conforme definido no Contrato do Usuário aplicável.
A Proteção ao Vendedor não se aplica à:
  • Inserir/Editar ÂncoraReclamações ou chargebacks que aleguem que o item é “Significativamente diferente da descrição"
  • Produtos que você entrega pessoalmente, incluindo em um ponto de venda
  • Itens equivalentes a dinheiro, incluindo, sem limitação, cartões de presente
  • Doações
  • Produtos financeiros ou investimentos de qualquer tipo
  • Um pagamento efetuado usando os serviços de processamento de pagamentos oferecidos pelo PayPal fora da carteira PayPal Para itens enviados, qualquer item que não seja enviado para o endereço de entrega do destinatário na página Detalhes da transação. Recomendamos que você não use um serviço de frete contratado pelo comprador, para que você possa fornecer um comprovante válido de envio e entrega.
Não há limites para o número de pagamentos para os quais o vendedor pode receber a Proteção ao Vendedor. O PayPal pode determinar a inelegibilidade à Proteção ao Vendedor se o vendedor tiver número excessivo de reclamações, chargebacks ou cancelamentos durante um determinado período. No caso de inelegibilidade à Proteção ao Vendedor, o PayPal se comunicará com o vendedor antes de tomar qualquer providência.
 
Para ver todos os requisitos de elegibilidade, consulte os termos da Política de Proteção ao Vendedor no Contrato do Usuário do PayPal, mas lembre-se de que não atualizaremos o Contrato do Usuário imediatamente ao fazer essa alteração.
 
Dependendo de quando você visualizar o Contrato do Usuário, ele ainda pode indicar que os serviços de produtos intangíveis e digitais não são elegíveis, o que não se aplica mais, no entanto, todas as outras exclusões permanecerão em vigor.