Em que consiste a política do PayPal em relação a pagamentos de bens e serviços que podem promover o ódio, a violência ou a intolerância?

O PayPal é uma empresa mundial com titulares de contas em muitos países em que a posse ou venda de determinados artigos associados a organizações que promovem o ódio constitui um ilícito criminal. De modo a determinar que bens e serviços devem ser proibidos, O PayPal considera cuidadosamente os seguintes fatores:

  • A promoção ou glorificação do ódio, violência ou intolerância devido à raça, religião, origem nacional, etnia, sexo, incapacidade ou orientação sexual de uma pessoa.
  • Qualquer descrição gráfica de violência ou de vítimas de violência.
  • Atividade anterior associada ao titular da conta.
  • Quaisquer transações que envolvam a exploração financeira de um crime.

 Seguem-se alguns exemplos de artigos normalmente proibidos pelo PayPal:

  • Artigos que aparentam ser vendidos para financiar ou que implicam ou promovem o apoio ao Irish Republican Army (IRA) ou a outras organizações proibidas segundo a legislação do Reino Unido.
  • Artigos que contenham símbolos Nazis, SS ou do Ku Klux Klan, incluindo recordações autênticas alemãs da Segunda Guerra Mundial.